Como o sorter funciona?

Conheça o sistema de classificação de pedidos que te permite fazer entregas rápidas e precisas

 

Não é de se surpreender que a automação nos armazéns logísticos esteja em amplo crescimento.  O fortalecimento do e-commerce tem pressionado as organizações da cadeia de suprimentos na busca por oferecer a melhor experiência aos clientes, gerando desafios de diversas ordens para atender ao mercado em constante mudança. À medida que as expectativas dos clientes aumentam, elas precisam batalhar para suprir todos os seus desejos, os quais incluem uma entrega rápida (same day delivery) e precisa. Para tanto, contar com a tecnologia é fundamental.

 

Além de softwares, como o WMS e OMS, que auxiliam na gestão dos pedidos, no controle do estoque na execução das tarefas, as empresas têm investido também em sistemas de picking e packing, de modo a acelerar a separação e embalagem. E há também uma demanda crescente por sistemas que auxiliam na distribuição dos pedidos, como é o caso do sorter (ou sorting system).

 

O que é um sorter?

sorter

O sorter é um sistema de classificação automática de pedidos, realizada conforme o local de destino. Depois de separados, os pedidos são encaminhados a esse sistema, que se encarrega de distribuir cada caixa /pacote em diferentes estações de embalagem ou portas de transporte de encomendas.

 

Os parâmetros de classificação dependem do tipo de empresa ou aplicação na cadeia de suprimentos. Agências postais e couriers geralmente fazem a classificação por rotas ou códigos postais. Já as empresas de varejo costumam classificar por loja. Independente do parâmetro utilizado, o objetivo, ao classificar os produtos de acordo com o seu destino, é facilitar o trabalho de coleta pelos transportadores, de modo que a entrega seja realizada com agilidade e precisão.

 

Para que o sorter seja capaz de fazer a classificação automática, através de scanners de código de barras e outros sensores, ele precisa estar integrado ao sistema WMS, que é o responsável por enviar as informações de cada pedido, permitindo ao sorter o direcionamento nos canais.

 

Veja a imagem do sorter Optimus®, o qual foi utilizado no projeto do Fullfilment Center da Drogaria Onofre, com integração ao WMS Delage® Rx.

 

Tipos de sorter

Existem diversos tipos de sorter, como o cross belt sorter, paddle sorter, pop-up sorter, tilt tray sorter, shoe sorter, flat sorter, vertical sorter, pusher sorter, cross-track sorter, dentre outros. Cada um deles possui mecanismos específicos para movimentar os pedidos entre os canais.

 

sorters que classificam desde 30 pedidos por minuto até os de última geração, capazes de classificar até 450 itens por minuto. Cada solução atende a um tipo específico de operação, considerando-se fatores como a modalidade de picking, a variedade de produtos manuseados, o volume de pedidos e de produtos por pedido e, ainda, o número de destinos a serem atendidos em um determinado período de tempo.

 

Benefícios do sorter

Dentre os benefícios proporcionados pelo sorter estão:

 

Redução do custos com mão de obra

Ao utilizar o sistema de classificação automática de pedidos, reduzem-se os custos com mão de obra para a realização desse tipo de trabalho. Um trabalho que demoraria talvez horas para ser concluído de forma manual pode ser feito em poucos minutos com um sorter. No final das contas, a empresa consegue fazer mais com menos.

 

Maior controle da operação

Uma das grandes vantagens de automatizar os processos no armazém é poder acompanhar todos os dados que impactam diretamente nos negócios. Com o sorter, o gestor sabe exatamente o número exato de pedidos atendidos por dia, avaliando se a operação está atendendo ao volume de demandas ou se precisa melhorar. Com os insights em mãos, fica mais fácil fazer os ajustes necessários para qualificar a experiência do cliente.

 

Aumento da eficiência e redução de erros

Os sorters ajudam a obter o dobro de eficiência no processo de classificação de pedidos, além de reduzir significativamente os erros, os quais podem afetar os prazos de entrega e a satisfação do cliente, fatores vitais para o sucesso de uma empresa.

 

Otimização da rastreabilidade

A automação permite uma melhor rastreabilidade, de modo que os clientes possam acompanhar onde estão seus pedidos. Os dados podem ser coletados para fornecer aos clientes uma previsão de quando o(s) produto(s) chegará em suas mãos. Além disso, evita-se a ocorrência de pedidos não enviados.

 

Com mais eficiência e precisão, a empresa consegue oferecer mais qualidade no atendimento às demandas do cliente, abrindo caminhos para o aumento das vendas.


Devo implantar um sorter na minha operação?

Essa pergunta merece uma avaliação pormenorizada, pois você precisa considerar seus objetivos operacionais, seu nível de crescimento atual e esperado, seu ciclo de negócios e o nível de capital disponível para investimento.  Contar com a assessoria de um fornecedor de WMS poderá ser de grande ajuda para definir a automação que mais trará ganhos para o seu negócio.

 

Mas não se esqueça de que é preciso evoluir! As inovações existem para manter a sua empresa competitiva no mercado, além de reduzir os seus esforços, possibilitando que você se concentre no que realmente é importante: estratégias, clientes e gestão do seu negócio. E não apenas isso: com a tecnologia você pode, inclusive, abrir novos mercados! Por isso, tenha um plano de inovação para a sua operação e esteja pronto para a Logística 4.0!

 

Para conhecer as inovações e tendências do Supply Chain, baixe o nosso Whitepaper.



Deixe uma resposta