Falhas no seu estoque? Confira 10 dicas para melhorar a acuracidade

Descubra como aprimorar a gestão logística, garantindo o melhor desempenho do seu armazém

 

Se tem algo que prejudica muito a gestão intralogística é a falta de acuracidade no estoque. Nas últimas postagens, tratamos das causas e também das consequências de um controle ineficaz dos itens armazenados. Mostramos que quando existem divergências entre o que está no sistema e o que consta efetivamente no armazém, os riscos de prejudicar as operações, de ter perdas financeiras e até mesmo de gerar a insatisfação de clientes são grandes. Daí a importância de buscar formas para melhorar o Índice de Acuracidade do Estoque. É o que vamos tratar neste texto.

 

Primeiramente é válido reforçar: o controle no sistema tem que corresponder à realidade. Esse é o objetivo principal, uma vez que garante uma boa gestão de compras, um relacionamento forte com os fornecedores e também uma maior eficácia tanto no recebimento dos produtos, quanto na sua expedição e reposição. Pense que o registro de produtos existe exatamente para facilitar o trabalho de todos os setores, permitindo que cada área tenha condições de verificar como o estoque se encontra – se há produtos disponíveis para a venda, se é necessário fazer o reabastecimento, se existem itens próximos do vencimento, dentre outras informações. É com base nesses dados que os times de Compras e Vendas, por exemplo, desenvolve as suas estratégias, ou seja, setores estratégicos para a lucratividade da empresa dependem de um alto nível de acuracidade do estoque.

 

Tendo essa ideia em mente, podemos avançar para as formas de garantir melhores níveis de acuracidade. Mas é fundamental fazermos mais uma observação: toda a sua equipe deve estar empenhada em trabalhar por essas melhorias. Nesse sentido, motivar os funcionários, mostrando que um alto índice de acuracidade do estoque traz benefícios para todos é parte do seu papel enquanto gestor.

 

Melhorando o controle de estoque na prática

O ideal é que o Índice de Acuracidade do Estoque de seu Armazém esteja próximo de 100%. Pode parecer difícil, mas com alguns ajustes é possível chegar lá! Confira as 10 dicas que podem te ajudar nesse propósito:

 

wms-falhas-no-estoque

 

1- Acompanhe o desempenho do estoque através de indicadores

Ter informações sobre a quantidade de produtos que estão chegando em seu armazém, o número de itens armazenados e quantos estão sendo expedidos é essencial para controlar o nível do seu estoque. Esses dados precisam ser registrados com bastante critério para que sejam condizentes à realidade. Você também precisa acompanhar o trabalho desenvolvido pelos operadores, acompanhando as tarefas que cada um está realizado, pois isso evita que quaisquer danos ou perdas sejam omitidos. Enfim, é importante contar com KPIs e relatórios que informam como as coisas estão indo no seu armazém e o que precisa ser melhorado.

 

2- Faça inventários periódicos

A melhor forma de evitar grandes perdas, é realizar inventários cíclicos, acompanhando bem o seu nível de estoque. A realização de contagens periódicas também possibilita identificar qualquer pequena divergência que possa existir entre o estoque físico e o estoque no sistema, permitindo que se façam correções rapidamente.

 

3- Aprimore seus processos de conferência de produtos na entrada e na saída

Melhorar a conferência e o rastreio de produtos na chegada e na expedição permite que você esteja com o estoque sempre em dia. Por isso, invista em ferramentas e processos que facilitem essas operações, e não se esqueça de que todos os detalhes de um produto precisam ser registrados quando ele entra no armazém. Essas informações são essenciais para o time de Vendas e também para qualificar a sua gestão logística.

 

4- Defina um estoque mínimo e um estoque máximo

Outra medida essencial é estabelecer a quantidade mínima de um produto em estoque – para que não fique em falta e atenda toda a demanda – e a quantidade máxima – de modo que os itens armazenados não fiquem estagnados. Quando são delimitados o estoque mínimo e máximo, fica mais fácil para o time de Compras definir o momento certo de reabastecimento.

 

5- Alinhe o controle do estoque com as metas de vendas

Para definir os limites mínimo e máximo de estoque é preciso saber bem como as vendas então indo. Isso te ajuda também a determinar os prazos e modos de reposição. Por isso, a troca de informações entre os setores de Logística e de Vendas é fundamental. Uma área sempre estará ajudando a outra com os dados a respeito das suas operações.

 

6- Mantenha um estoque de segurança

O estoque de segurança é importante para cobrir variações inesperadas no seu negócio. Trata-se de uma pequena margem que ajuda a garantir as vendas.

 

7- Procure alocar os produtos em espaços adequados

Atender às regras de armazenamento dos produtos é essencial para evitar perdas. Pode ser que as adaptações em seu armazém para atender às características específicas de um item requeiram um investimento, mas lá na frente isso vai impedir que você tenha prejuízos por má alocação.

 

8- Planeje a reposição de produtos com antecedência

Planejamento é a palavra de ordem! Programe a reposição de estoque com antecedência. Não deixe os seus produtos acabarem para pensar nisso.

 

9- Acompanhe as informações sobre o seu mercado

Esteja atento às notícias e informações referentes ao mercado em que a sua empresa atua. Isso pode gerar impacto no volume de vendas e o seu armazém tem que estar preparado para atender qualquer demanda nova.

 

10- Conte com a ajuda de um sistema de gestão de armazéns

Um software de gestão de armazéns pode te ajudar muito a melhorar o controle e a acurácia de seu estoque. Isso porque ele permite a automatização de processos, evitando falhas que geram prejuízos, além de oferecer ferramentas que garantem um controle mais rigoroso de todas as informações relacionadas ao seu armazém. Inovar é essencial para o seu negócio sobreviver em um mercado altamente competitivo. Por isso, investir em tecnologia deve ser uma de suas prioridades se você quer que a sua empresa cresça e se destaque. Pense nisso!

 

Ainda não sabe por que o WMS  é a solução perfeita para seu negócio? Entenda agora mesmo!



Deixe uma resposta