O que é o WMS?

Entenda o que é sistema WMS, suas aplicações e ganhos proporcionados à operação intralogística

 

O WMS (Warehouse Managment System ou Sistema de Gerenciamento de Armazéns) é um software projetado para oferecer suporte e otimizar os processos e a gestão de um armazém logístico. O sistema conta com inúmeras funcionalidades que permitem às empresas o controle e a administração de todo o fluxo de materiais, desde o momento em que a mercadoria entra no depósito até a sua saída.

 

Com o WMS, o gestor do armazém tem um poderoso aliado para o planejamento estratégico, a organização do estoque, a gestão das tarefas, o direcionamento e controle dos recursos e a movimentação inteligente de mercadorias. Além disso, por oferecer informações da operação em tempo real, apresentando também notificações, o sistema WMS auxilia enormemente na tomada de decisões precisas e em tempo hábil.
 
 

Controle e melhor uso dos recursos

 

wms

O grande potencial do WMS está no controle que o sistema oferece em toda a operação, cuidando não apenas da conferência na entrada, do endereçamento dos produtos, do processo de picking e expedição. O software também coordena as tarefas dos funcionários, definindo quem executará cada atividade (de acordo com a sua função, sua disponibilidade e o equipamento utilizado) e monitorando o seu desempenho através da conexão com dispositivos móveis (coletores RF, smartphones, etc.).

 

Ao utilizar o WMS, todas as funções executadas pelo funcionário são registradas, garantindo total rastreabilidade dos produtos e suas posições, assim como a produtividade no desempenho das tarefas. Através de monitores posicionados estrategicamente no armazém, o WMS informa o status de cada processo, permitindo ao gestor acompanhar a performance da operação e, aos funcionários, avaliarem seu desempenho. Costumamos dizer que o WMS não tolera erros e atrasos, por isso o sistema é tão reconhecido pelo aumento de eficiência e acuracidade proporcionados. E não apenas isso: como o software trabalha focado no melhor uso dos recursos (pessoas, equipamentos e área), há uma significativa redução de custos, trazendo maior lucratividade para o negócio.

 

Um exemplo que podemos citar é o picking. Além de oferecer diversas modalidades de separação, permitindo ao gestor a escolha do modelo ideal para a sua empresa, o sistema WMS direciona as tarefas visando sempre reduzir as movimentações e o trajeto percorrido pelos separadores. O resultado é a redução dos custos e também do tempo de separação de pedidos, permitindo que as empresas façam entregas cada vez mais rápidas e assertivas, competindo em pé de igualdade com os grandes players do mercado. Na expedição, o WMS também tem um papel fundamental: definir o carregamento de acordo com as rotas seguidas pelo transporte, contribuindo para trazer ainda mais agilidade às entregas.

 

Outra otimização importante proporcionada pelo sistema WMS é a relacionada ao espaço de armazenagem. Ao determinar a posição de cada produto assim que ele chega ao armazém, conforme suas características e o seu giro, o sistema consegue aproveitar ao máximo cada m² da área de armazenagem. Tudo isso significa menos despesas para a logística.

 

Acuracidade e integração

 

Além de todos esses benefícios proporcionados à operação, o WMS está presente no inventário de estoque, possibilitando a realização de contagens cíclicas que são inseridas na rotina do armazém, trazendo mais agilidade e precisão e aumentando a acuracidade do estoque para taxas que podem chegar a 99,9%.

 

E melhor de tudo é que o sistema WMS se integra a outros softwares importantes para a empresa, como o ERP, o OMS e os sistemas de vendas, por exemplo. O WMS também está pronto para a Logística 4.0, fazendo integração com os mais modernos sistemas de automação para trazer ainda mais velocidade e precisão aos processos intralogísticos. Quanto aos novos formatos, como micro-fulfillment centers urbanos, dark stores, store fulfillment, e novas práticas, como o dropshipping, cross docking, shipping from store, o sistema oferece todas as funcionalidades para dar suporte aos mesmos.

 

 

Como o sistema WMS funciona?

 

Entenda, agora, como o sistema WMS funciona em um armazém:

 

• Controle e informação

 

wmsAo acessar o WMS de um computador ou dispositivo móvel, o gestor e sua equipe terão acesso a uma série de funcionalidades e informações que irão facilitar seus trabalhos. No sistema, é possível acessar dados sobre as Ordens de Compra, Entrada, Decanting, Movimentação, Saída, Entrega, Controle de Qualidade, Inventário, dentre outros. Tudo isso porque o software trabalha em sintonia com o ERP, trocando informações o tempo todo.

 

Assim, é possível acompanhar de perto o atendimento aos pedidos (se estão dentro do prazo ou atrasados), as ordens de armazenagem, reabastecimento e movimentação, as ondas de picking, a performance do picker, a performance de checkout por operador, o endereço e a situação de cada produto armazenado, além de uma série de outras informações que permitirão um controle de tudo o que acontece no armazém.

 

• Execução de tarefas

 

Com um coletor RF em mãos, o operador recebe em seu dispositivo o comando para executar uma tarefa, seja de recebimento, armazenagem, reposição ou separação, por exemplo. O WMS fornece as informações para que a ação seja executada e o funcionário vai confirmando os dados para alcançar a máxima precisão.

 

Como tudo é registrado em tempo real, o gestor consegue acompanhar a operação de modo instantâneo, estando dentro do armazém ou não. O WMS envia as informações para qualquer dispositivo que esteja cadastrado.

 

• Conferências na entrada e saída

 

Assim que o produto chega ao armazém, ele passa por uma conferência onde o WMS, já com os dados enviados pelo ERP, vai garantir total assertividade na entrada, na quantidade certa, lote certo, dentre outros detalhes. Assim também acontece na saída, onde há uma conferência para verificar se os produtos separados correspondem exatamente ao que foi pedido. Com o sistema WMS, há uma elevação no nível do serviço oferecido ao cliente, pois aumenta-se consideravelmente a precisão e qualidade das entregas. Outro ganho está na redução de avarias, dada a alta rastreabilidade oferecida pelo software.

 

Picking e expedição

 

Quando um pedido é realizado, o WMS gera uma onda de separação, visando o melhor percurso a ser percorrido pelo(s) separador(s). À medida que o funcionário vai separando os produtos, ele faz a confirmação e, caso haja alguma divergência, o sistema automaticamente notifica para que seja feita a correção. No momento da expedição, além do checkout para conferir o pedido, o sistema WMS faz a cubagem do volume, determinado a caixa/pacote ideal para o envio e sugere a ordem de formação da carga de acordo com a região em comum dos destinatários.

 

• Gestão

 

Conforme detalhado no primeiro tópico, o WMS oferece em um dispositivo (computador ou tablet, por exemplo) todas as informações necessárias para a gestão completa do armazém. Sempre que há a necessidade de reposição de uma mercadoria, o software notifica, evitando o stockout. Assim também acontece com as datas de validade próximas de expirarem. O sistema também ajuda no controle do lead time e, além de oferecer dados em tempo real, traz uma série de KPIs (ex: OFR, OTD, OCT) fundamentais para a otimização constante do negócio.
 
 

Ganhos concretos proporcionados pelo WMS

 

Como o WMS automatiza os processos no armazém e oferece todo o suporte para uma gestão eficiente, os ganhos proporcionados pelo sistema atingem diversas áreas da operação. Dentre os casos de sucesso de clientes da Delage que utilizam o WMS Rx, podemos citar:

 

– 99% de acuracidade

– 4 vezes mais agilidade no tempo de separação de pedidos

– 136% de ganho de produtividade em espaço físico

– 100% mais produtividade por pessoa

– Eliminação da fila de pedidos (backlog)

– Diminuição do tempo de recebimento (de 4 para 1 dia)

– Redução da operação (de três turnos para dois)

– Aumento da capacidade de atendimento diário de pedidos, com 98% dos pedidos despachados no mesmo dia

– Melhor controle dos itens de medida variável

– Maior confiabilidade na rastreabilidade dos produtos, desde o recebimento até a sua venda

– Aumento da satisfação dos clientes de e-commerce, com entregas mais ágeis e assertivas

 

>> Confira os cases
 
Com o WMS, a operação dá um salto importante em termos de competitividade, redução de custos e eficiência como um todo. Para saber mais sobre o sistema, leia o texto que detalha as funcionalidades e benefícios do sistema aqui.



Deixe uma resposta