Qual a diferença entre um armazém tradicional e um fulfillment center?

fulfillment

A pressão por entregas rápidas tem levado as empresas a desenvolverem novas estratégias para acelerar seus processos intralogísticos e reduzir as distâncias até os clientes. Como a maior parte das organizações possuem centros de distribuição localizados em áreas industriais, distantes das cidades, muitas delas já têm começado a adotar o formato de fulfillment center, obtendo bons resultados com o investimento.

 

De fato, a definição da estratégia ideal para garantir o melhor serviço ao cliente vai depender muito do tipo de negócio. É importante fazer uma entrega ágil, mas igualmente crucial ter todo o estoque disponível, por isso, é preciso entender bem as nuances e os detalhes que diferenciam um armazém tradicional de um fulfillment center e, assim, escolher o que trará os melhores resultados.

 

Confira a seguir a definição da  cada um dos formatos, suas diferenças e semelhanças.

 

O que é um armazém?

 

O armazém é definido como um local usado especialmente para armazenar mercadorias, sendo utilizado não apenas por fabricantes, como também por atacadistas, varejistas, empresas de e-commerce, operadores logísticos, etc. Os armazéns geralmente possuem uma grande área e costumam estar situados em em parques industriais nos arredores de uma cidade.

 

A maioria dos armazéns possui docas que facilitam o carregamento e descarregamento de caminhões. A forma, o tamanho e a função de um armazém são, em parte, determinados pelo tipo de estoque que abriga, no entanto, existem alguns elementos básicos e comuns, como:

– Prateleiras adequadas para armazenar mercadorias.

– Equipamentos para levantar objetos mais pesados ​​e movê-los de um lugar para outro (ou seja, empilhadeira, porta-paletes, etc.).

– Equipamentos para transporte dos itens.

– Selecionadores e carregadores para ajudar no atendimento de pedidos.

– Áreas de recebimento, armazenagem e expedição de mercadorias.

 


O que é um fulfillment center?

 

O fulfillment center é um local destinado, principalmente, para processar e atender os pedidos dos clientes. Nesse formato, os produtos ficam armazenados por curtos períodos de tempo até serem despachados. Esse tipo de operação é projetada para oferecer atendimento rápido e econômico dos pedidos, ou seja, sua missão é entregar os produtos o mais rápido possível aos clientes.

 

É comum grandes varejistas possuírem os dois formatos – armazém e fulfilllment center – sendo que o primeiro abastece o segundo, e o segundo cuida das entregas dos pedidos. Nesse caso, o armazém não atende os clientes externos. Essa missão fica exclusiva ao fulfilllment center.

 

Em geral, o fulfilllment center fica localizado dentro da cidade, estando mais próximo dos clientes, e trabalha em ritmo intenso, com funcionários separando itens, embalando e etiquetando os pedidos, despachando os pacotes e tratando das devoluções. Devido à busca pela agilidade no processo, é comum as empresas investirem em tecnologias e sistemas automáticos, conseguindo, com as inovações, fazerem entregas em same day delivery.

 

 

Armazém x fulfillment center: principais diferenças

 

Agora que você já conhece as especificidades de cada um, vamos listar as principais diferenças que fique ainda mais claro:

 

– Diferentemente do armazém, o fulfilllment center atende exclusivamente clientes B2C, cujos pedidos são realizados via e-commerce, televendas ou canais similares.

 

– Em geral, em um armazém, o estoque entra e sai em um palete de transporte, ou seja, em grandes cargas. Já no fulfilllment center, as mercadorias chegam paletizadas e saem em remessas individuais.

 

– Enquanto em um armazém o objetivo central é estocar mercadorias a longo prazo, gerenciando a sua entrada, movimentações internas e saída, no fulfilllment center a finalidade é atender os pedidos recebidos de forma ágil e eficiente.

 

Vale a pena investir em fulfillment center?

 

Se a sua empresa já possui canais de e-commerce ou televendas, por exemplo, pode ser bem interessante investir em um fulfillment center para que seja capaz de fazer entregas em 24h ou 48h. A Amazon, que é uma grande referência em eficiência logística, tem investido nesse formato e vem dominando o mercado americano ao oferecer entregas extremamente ágeis. Só nos Estados Unidos, são 110 fulfillment centers, e no mundo todo, o valor chega a 185.

 

Um exemplo nacional e que foi um caso de sucesso da Delage, é o da Drogaria Onofre, que com seu fulfillment center localizado em São Paulo, conseguiu entregar na capital em apenas 90 minutos e no interior com D+1. Com a agilidade alcançada, a empresa conquistou uma posição de destaque no mercado, aumentando suas vendas e o mais importante: fidelizando seus clientes (conheça o projeto).

 

Assim como a Amazon e Onofre, outras empresas também se beneficiaram do modelo de fulfillment center e hoje se encontram em posições de liderança no mercado. Lembrando que, juntamente com a implementação do  novo formato, essas companhas investem em tecnologias que dão suporte à execução de tarefas de força ágil e precisa.

Se o seu negócio precisa acelerar as entregas ao cliente, pode ser bem satisfatório investir em um fulfillment center!

 

Para saber mais detalhes sobre fulfillment center clique aqui.



Deixe uma resposta