Como a HMD Global está transformando a logística por meio de inteligência artificial e maior visibilidade da operação

Conheça as estratégias priorizadas pela startup finlandesa para atender clientes espalhados pelo mundo todo

 

inteligencia artificialA HMD Global, startup finlandesa e única licenciada da marca Nokia, tem se destacado no mercado por seu crescimento rápido e consistente. Fundada em há quatro anos, a companhia conquistou o título de “startup unicórnio”, ou seja, com valor de mercado de R$ 1 bilhão, em seu primeiro ano de operações. O segredo, segundo a Diretora de Logística de Clientes, Noha Samara, é inovar não apenas em seus produtos como também na logística da companhia.

 

 

E esse conceito de inovação não se restringe apenas ao uso de inteligência artificial (IA), mas também no aprimoramento da gestão, contando com sistemas que oferecerem uma total visibilidade da operação, permitindo a tomada de decisões mais assertivas e os constantes ajustes para melhorar a experiência dos clientes.

 

 

 

“Inovação intencional”

 

A HMD Global tem escritórios localizados em cinco continentes e trabalha com a promessa de “tornar a tecnologia móvel acessível a todos, desenvolvendo dispositivos cada vez melhores”, destaca Samara ao site Digital Supply Chain.

 

 

A Diretora de Logística de Clientes explica que a empresa tem focado muito em inovação e em oferecer o melhor para seus consumidores. “Diferentemente de qualquer outro telefone Android, todos os smartphones Nokia se beneficiarão de atualizações regulares de segurança por três anos, atualizações do sistema operacional por dois anos e virão com os mais recentes softwares e inovações projetados pelo Google, da IA à segurança. Essa promessa é o que nos diferencia de outras marcas no mercado. Acreditamos na inovação intencional e não apenas na inovação, e essa mentalidade alimenta nossa determinação em fornecer dispositivos acessíveis a qualquer pessoa e em estar entre os cinco principais vendedores móveis do mundo”, salienta.

 

 

Desde que a HMD Global foi fundada, Samara sente que a evolução tem sido uma constante para a empresa. “Temos uma cultura muito dinâmica, somos apaixonados por desafiar o status quo”. A empresa já lançou ao mercado mais de 30 novos telefones, recebendo o título de player número um de feature phones (modelos clássicos de celular). Além disso, a empresa está muito orgulhosa de ter sido classificada recentemente entre as 25 marcas de mais rápido crescimento do mundo nos últimos cinco anos e o segundo melhor desempenho na Europa. Com suas expansões globais, a HMD Global adotou uma estratégia multi ODM (Original Design Manufacturing) para atender às demandas e melhorar a competitividade.

 

 

A importância da visibilidade de ponta a ponta

 

Quando se trata de operações de logística da HMD Global, “a visibilidade de ponta a ponta é fundamental para os nossos negócios”, diz Samara. “Ele nos permite tomar decisões mais informadas exatamente no momento certo, em um setor dinâmico e ágil.” Em seus esforços para alcançar 100% de visibilidade de ponta a ponta, a HMD Global tem investido em sistemas que oferecem dashboards globais e regionais, para fornecer visibilidade às partes interessadas.

 

 

Além disso, a empresa trabalha com o software de gestão de armazéns, WMS, o qual beneficia muito processamento de pedidos, rastreamento de remessas e faturamento, e também oferece indicadores que permitem uma visão completa da operação.

 

 

Inteligência artificial e automação em logística

 

Samara enfatiza que os mercados regionais estão sendo impulsionados por tecnologias emergentes, como inteligência artificial (IA). “Tecnologias novas já estão impactando os modelos operacionais da logística existentes. Com essa digitalização da cadeia de suprimentos, as empresas podem atender aos requisitos dos clientes, os quais estão em constante evolução. Atualmente, a HMD Global  está utilizando automação e inteligência artificial em suas operações internas de logística e em seus dispositivos. “Usamos a automação em nossos painéis, relatórios de clientes, planejamento de SKU, planejamento de remessa e planejamento de alocação de suprimentos”, explica Samara.

 

 

Samara enfatiza a importância de uma estratégia global que seja padronizada e, ao mesmo tempo, tenha um espaço flexível para requisitos específicos de cada região. “Por exemplo, a automação varia entre clientes e distribuidores. Portanto, precisamos estar cientes dos níveis de flexibilidade e capacidade disponíveis. Para combater esse desafio, precisamos encontrar soluções que nos permitam ser compatíveis com cada situação em específico”, afirma.

 

Os desafios da inovação

 

Quando se trata do desafio da inovação, Samara explica que permanecer relevante é um desafio central. Para combater esse desafio, a HMD Global “rastreia as últimas inovações e incentiva as equipes a participar de conferências globais. A HMD Global trabalha para estimular novas ideias que podem ser implementadas nos negócios. Samara explica que a empresa implementou reuniões quinzenais para discutir projetos atuais de mudanças e inovações que precisam ser implementadas. “Nessas reuniões, também incentivamos nossos funcionários a apresentar ideias inovadoras que ampliam os negócios. Isso garante que o ritmo da mudança e o ritmo dos negócios sejam sempre dinâmicos”, diz.

 

 

Refletindo sobre a empresa, Samara atribui o sucesso da HMD Global à sua paixão, mentalidade empreendedora e suas parcerias com outras organizações. “Temos um amplo alcance em várias regiões e continentes, por isso confiamos muito em nossos parceiros de logística com quem trabalhamos de perto para garantir entregas pontuais para todos os nossos mercados. Por exemplo, a Agility é um dos nossos maiores parceiros. Construímos juntos um projeto de rede de suprimentos que atende às nossas aspirações comerciais de crescimento em nossos diferentes mercados onde eles estão operando nosso Hub DC em Hong Kong”.

 

 

Samara destaca ainda que a HMD Global prioriza parcerias duradouras. “Com nossos parceiros, temos um conjunto claro de KPIs, metas e objetivos mútuos e alinhados que compartilhamos. Nós os consideramos uma das nossas forças motrizes para o sucesso e uma janela para novos mercados. Por fim, quanto mais crescemos, mais eles também crescerão”, finaliza.

 

 

Fonte da matéria: Portal Digital Supply Chain.

 

Para conhecer as inovações na logística, baixe o nosso whitepaper Logística e Supply Chain 4.0

 

Leia também sobre a solução Gestão à Vista, que oferece a visibilidade completa dos processos intralogísticos.



Deixe uma resposta